Please note, your browser is out of date.
For a good browsing experience we recommend using the latest version of Chrome, Firefox, Safari, Opera or Internet Explorer.

MEDIA

MEDIA. NOTÍCIAS.

CASA DE JASPER MORRISON PARA A MUJI REVESTIDA A CORTIÇA

13 Dezembro 2015

O prestigiado designer britânico Jasper Morisson voltou a selecionar cortiça para um dos seus projetos. Desta vez, a novidade leva-nos até Tóquio, onde Jasper Morrison desvendou recentemente a sua proposta de casa ideal para um fim de semana, respondendo ao desafio da icónica marca japonesa Muji. O material escolhido para a fachada do edifício foi o aglomerado de cortiça expandido MD Fachada, da Amorim Isolamentos, que, além de características de sustentabilidade, é um excelente isolante térmico e acústico.

Jasper Morrison explica o conceito da casa, realçando que "Sempre que planeio ir para o campo no fim de semana, começo a imaginar uma casa pequena, tendo apenas o necessário para uma estadia curta. O sonho geralmente colide com a complexidade da construção de uma casa nova." Este modelo, apresentado no Tokyo Midtown Garden, preconiza um espaço versátil para, nas palavras do designer, "cozinhar, comer, lavar e dormir". O revestimento de aglomerado de cortiça expandido foi aplicado no espaço principal do edifício, uma sala de estar de influência japonesa.

Note-se que Jasper Morrison tem inúmeros projetos em que a cortiça se assume como o material principal, de que são exemplo as diferentes peças de mobiliário criado para marcas como Mooi e Vitra ou as soluções de revestimentos de paredes que desenhou para o projeto Metamorphosis, da Corticeira Amorim. Para odesigner: "Trata-se de um material que se destaca pela combinação do apelo à tradição com as capacidades técnicas do novo mundo", reforçando que é uma matéria que valoriza pelo seu "calor, incrível naturalidade e história."

Naoto Fukasawa (JP) e Konstantin Grcic (AL) foram os designers que se juntaram a Jasper Morrison e que, sob o tema "A Rich Life Through Minimalism", apresentaram modelos de casas temporárias, onde a mobilidade e a conjugação de elementos da arquitetura tradicional japonesa com um estilo mais contemporâneo foram alguns dos principais requisitos. Os diferentes modelos apresentarão preços entre os 25 e os 40 mil dólares, estando disponíveis para compra em 2017.